História do Café

imagem_522

O café surgiu na África mais especificamente na província de Kaffa, na Etiópia. A descoberta foi bem inusitada. Segundo as lendas, as cabras que comiam os frutos vermelhos ficavam mais espertas e isso chamou a atenção de seu dono. Após a descoberta, os árabes levaram a novidade até a Europa, que fizeram chegar até as Américas. Em cada lugar que passava, nele era adicionado um novo elemento ou experimentada outras maneiras de preparos. Vale destacar que os sábios persas foram os primeiros a torrar o grão. Já os franceses foram os responsáveis por adicionar açúcar na bebida.

No Brasil, chegou de uma maneira muito peculiar. Foi no século XVIII, pela Guiana Francesa, com mudas clandestinas, inicialmente plantadas no Pará e logo apareceram no nordeste. Mas a adaptação da planta ocorreu melhor no sudeste, principal região produtora do país.

A chegada ao Brasil

A cafeicultura nacional tem mais de 200 anos. Foi de uma colônia francesa que o café seguiu para o Brasil, graças ao militar português, sargento-mor Francisco de Melo Palheta, que em 1727 chefiou uma missão oficial e secreta à Guiana Francesa. Sua missão não oficial era “obter e esconder um par de grãos de café com todo o disfarce e cautela e voltar com brevidade”. Assim Palheta se transformou no primeiro cafeicultor do Pará, do qual o cultivo passou para outras áreas brasileiras como o Norte e Nordeste. Com o tempo, o café cresceu, floresceu e prosperou por várias regiões, em especial o sudeste, que hoje é o maior produtor do Brasil. Por quase um século foi a grande riqueza brasileira, colaborando no surgimento de várias cidades pelo interior do País, na construção de ferrovias e na imigração – sem falar no crescimento da classe média e da economia nacional.

Com o tempo, o Brasil ganhou o hábito e fez a tradição do cafezinho, servido em todo o mundo. Hoje, o fruto continua sendo o produto mais importante para a economia nacional. Pesquisa da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic/2009) revela que o café é a segunda bebida mais consumida no Brasil, atrás apenas da água e à frente de sucos, refrigerantes, energéticos e achocolatados. O estudo mostra ainda, que 97% da população acima de 15 anos toma café diariamente.

Que tal saber um pouco mais sobre a história do café? Encontramos esse vídeo que revela alguns detalhes interessantes sobre essa paixão.